Flamengo x Racing: Todas informações desta partida e como assistir

O Flamengo está a pouco mais de 24 horas para decidir o seu futuro na briga pela defesa do título da Libertadores. O rival será o Racing, com quem empatou em 1 a 1 no jogo de ida das quartas de final da competição. Agora, o duelo da volta será realizado no Maracanã, com a bola a rolar a partir das 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira. 

O vencedor do confronto da próxima noite será adversário de Boca Juniors ou Internacional nas quartas de final. E o Flamengo, que deve contar com as voltas de Gabigol, Isla e Pedro, mas ainda tem Gabigol e Diego como dúvidas, joga por um empate sem gols para avançar às quartas.

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 1º de dezembro de 2020, às 21h30
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Urrutia (CHI)
Árbitro de vídeo: Julio Bascuñán (CHI)

Onde ver: SBT, Fox Sports.

Escalações

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)
Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique), Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro (Vitinho).

Suspensos: Thuler e Natan.
Pendurados: Ninguém.
Desfalques: Thiago Maia (lesionado) e Gabriel Barbosa (desequilíbrio muscular – dúvida).

RACING (Técnico: Sebástian Beccacece)
​Gabriel Arias; Fabricio Domínguez, Leonardo Sigali, Nery Domínguez, Alexis Soto, Eugenio Mena; Matías Rojas, Leonel Miranda, Héctor Fértoli; Nicolás Reniero e Lisandro López.

Suspensos: 
Pendurados: 
Desfalques: Augusto Solari, Darío Cvitanich (lesionados) e Cristaldo (Covid-19).

Resultado

O Flamengo está eliminado da Libertadores da América. Nos pênaltis, o Racing eliminou o atual campeão na noite desta terça-feira, no Maracanã. O tempo regulamentar terminou em empate em 1 a 1, mesmo resultado do primeiro jogo. Mas não foi um empate qualquer: foi com gol nos acréscimos do Flamengo, que estava com um a menos desde a metade do segundo tempo. Só que, nos pênaltis, Willian Arão viveu seu enredo particular de herói e vilão, e os argentinos se classificaram para as quartas de final.

O Flamengo era todo ataque no fim da partida. Ainda que estivesse com um a menos graças à expulsão de Rodrigo Caio aos 17 minutos do segundo tempo, o time da casa martelou o Racing e buscou o gol que o deixaria vivo sem sofrer grandes sustos. Até que, aos 47, Diego cobrou o escanteio, e Willian Arão testou para o fundo das redes: era o herói rubro-negro àquela altura. No entanto, nas cobranças de pênalti, todo mundo converteu… menos Arão, que optou por uma batida forte à meia altura, e Arias defendeu. O volante terminou a noite como vilão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *