Fortaleza x Fluminense: Todas informações do jogo e como assistir

O primeiro turno do Campeonato Brasileiro está chegando ao fim. Neste sábado, Fortaleza e Fluminense se enfrentam pela 19ª rodada visando fechar a esta parte da competição vivos na disputa por vaga na Libertadores. A partida será às 21h na Arena Castelão.

Os comandados de Rogério Ceni tiveram dias intensos. Depois de uma importante vitória contra o Palmeiras, a equipe foi campeã do Estadual em cima do Ceará e acabou eliminada nos pênaltis para o São Paulo na Copa do Brasil. No Brasileiro, o Fortaleza é o oitavo, com 24 pontos, e pode entrar no G6.

Já o Fluminense soma sete partidas sem derrotas e está na quarta posição, com 29 pontos. O sonho é permanecer no G4 para inciar bem uma complicada maratona nesse segundo turno. Diferentemente do adversário, o Tricolor carioca teve a segunda semana livre consecutiva para treinar.

FORTALEZA X FLUMINENSE

Data/Hora: 31/10/2020, às 21h

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA – BA) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Onde ver: Premiere.

Escalações

FORTALEZA (Técnico: Rogério Ceni)

Felipe Alves; Gabriel Dias, Roger Carvalho e Jackson, Carlinhos; Juninho, Felipe, Ronald; Tinga, Romarinho e David.

Desfalques: Ninguém

Pendurados: Rogério Ceni, Juninho, Romarinho, Osvaldo e Jackson

Suspensos: Paulão e Bruno Melo

FLUMINENSE (Técnico: Odair Hellmann)

Muriel; Igor Julião, Luccas Claro, Nino, Danilo Barcelos; Yuri, Hudson, Yago Felipe; Michel Araújo, Marcos Paulo e Caio Paulista.

Desfalques: Nenê, Fernando Pacheco e Frazan

Pendurados: André, Nenê e Nino

Suspensos: Dodi e Fred

Resultado

O duelo tricolor no Castelão foi de pouquíssimos lances interessantes, e o Fluminense fez o básico após o adversário perder um jogador expulso. Foi melhor e venceu o Fortaleza por 1 a 0, gol de Wellington Silva.

O resultado deixa o Flu no G-4 e permite ao torcedor tricolor pensar na parte de cima no returno. Superior na posse de bola (53%) e nas finalizações (11 a 4), o time de Odair Helmann foi merecedor do resultado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *