Santos x Corinthians: Saiba como assistir e notícias do jogo | Fut Online

Santos x Corinthians: Saiba como assistir e notícias do jogo

Pressionados pelos seus torcedores e com os olhos voltados para outras competições, Santos e Corinthians fazem clássico neste domingo, às 20h, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

O Santos perdeu os últimos dois jogos (Barcelona-EQU, pela Libertadores, e Novorizontino, pelo Paulista), mas ainda assim vai para o clássico com um time reserva, de olho no confronto da próxima terça-feira, diante do Boca Juniors, na Argentina, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Entre os titulares, o Peixe pode ter a estreia do garoto Mikael na lateral direita e o retorno do volante Guilherme Nunes, que cumpriu suspensão na derrota diante do Novorizontino.

Após empate ruim com o River Plate-PAR, fora de casa, o Corinthians volta as suas atenções para o Campeonato Paulista, mas ainda mantém um olho na Copa Sul-Americana. Por isso, Vagner Mancini vai levar a campo um time misto para enfrentar o Peixe, poupando oito jogadores daqueles que iniciaram o jogo no Paraguai, na última quinta: Bruno Méndez, Gil, Fábio Santos, Fagner, Camacho, Luan, Otero e Jô.

Data e hora: 25 de abril de 2021, às 20h
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Salim Fende Chaves
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizzo Ferreira do Amaral

Como e onde assistir: Premiere.

Escalações

SANTOS
John, Mikael, Luiz Felipe, Alex e Jhonnathan; Guilherme Nunes, Ivonei e Lucas Lourenço; Ângelo, Kaio Jorge e Renyer. Técnico: Ariel Holan
Desfalques: Carlos Sánchez, Raniel, Jobson e Sandry (lesionados)
Poupados: João Paulo, Pará, Kaiky Fernandes, Luan Peres, Felipe Jonatan, Alison, Marinho, Marcos Leonardo e Lucas Braga

CORINTHIANS
Cássio; João Victor, Jemerson, Raul Gustavo e Lucas Piton; Gabriel (Xavier) e Cantillo; Gustavo Mosquito, Vitinho e Rodrigo Varanda; Cauê. Técnico: Vagner Mancini.
Desfalques: Mateus Vital (recuperação de artroscopia); Guilherme Biro (lesão na coxa); Danilo Avelar, Ruan Oliveira e Gustavo Mantuan (cirurgia no joelho).
Poupados: Bruno Méndez, Gil, Fábio Santos, Fagner, Camacho, Luan, Otero e Jô.
Pendurados: Cauê e Otero.

Resultado

Fim de jejum na Vila

Corinthians encerrou um longo jejum na Vila Belmiro, venceu o Santos por 2 a 0, aumentou as questões que pairam sobre o rival e ainda ficou bem perto da classificação às quartas de final do Campeonato Paulista. Tudo isso na noite deste domingo, em jogo válido pela oitava rodada do estadual e com times reservas dos dois lados, que representou a primeira vitória do Timão no estádio do Peixe desde 2014 – desde então, eram sete clássicos por lá e sete vitórias santistas. Pratas da casa, o zagueiro Raul e o lateral-esquerdo Lucas Piton fizeram os gols do Corinthians, que agora está a um ponto de assegurar vaga na próxima fase. O Peixe tem situação mais difícil, principalmente às vésperas de um jogo com ares de decisão contra o Boca Juniors, terça-feira, pela Libertadores.

Como fica?

A vitória leva o Corinthians aos 21 pontos em dez jogos, disparado na liderança do Grupo A – Santo André, Inter de Limeira e Botafogo-SP têm seis pontos cada (os dois primeiros, em tese, ainda podem alcançar o Timão). Um empate alvinegro nos dois jogos restantes (São Paulo e Novorizontino) basta para a vaga. Já o Santos permanece com nove pontos, em segundo no Grupo D, mas com o líder Mirassol um pouco mais longe.

Choro e emoção

Aos 21 anos, o zagueiro Raul começa a se firmar como opção a Vagner Mancini no Corinthians. Seguro, o garoto tomou conta do ataque do Santos e ainda fez seu primeiro gol como profissional, no fim do primeiro tempo. Na comemoração, teve choro e emoção por causa da homenagem à irmã, morta no ano passado – Raul carrega a foto dela em uma camisa.

Modo Libertadores

Mesmo com time reserva neste domingo, é inegável que a derrota em um clássico influencia o ânimo do elenco. O desafio de Ariel Holan, agora, é fazer o Peixe esquecer o Corinthians e pensar no Boca Juniors, adversário de terça-feira, na Bombonera, pela Libertadores – já sem Soteldo, negociado com o Toronto FC, mas com Marinho, que esteve no banco de reservas neste domingo, mas não foi utilizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *