Boca Juniors x Santos: onde assistir e notícias da partida

Duas das mais tradicionais equipes do continente, Boca Juniors e Santos fazem o jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores nesta quarta-feira (6), às 19h15, na Bombonera, em Buenos Aires.

Nas quartas de final, o Santos passou pelo Grêmio depois de empatar em 1 a 1 em Porto Alegre e golear o rival por 4 a 1 na Vila. O Boca Juniors passou pelo Internacional nos pênaltis.

O técnico Cuca tem todo o elenco à disposição para a partida desta quarta. A nova diretoria do clube conseguiu prorrogar o empréstimo do zagueiro Luan Peres por mais duas semanas e acertou a venda de Lucas Veríssimo ao Benfica, mas garantiu sua permanência até o final da competição.

A dúvida do treinador estava entre o garoto Sandry e o atacante Lucas Braga, que deve ser o escolhido para começar a partida. Com isso, o venezuelano Soteldo atuará mais recuado no meio-campo.

O Boca Juniors tem um desfalque importante para o jogo desta quarta. O volante Campuzano sofreu uma lesão muscular no superclássico contra o River no último sábado e nem foi relacionado para a partida.

No último treino antes de encarar o Peixe, o técnico Miguel Ángel Russo não fez mistérios e definiu o time no sistema 4-4-2. Como tem sido costume nos últimos jogos, a dupla Carlitos Tevez e Sebastián Villa será a principal aposta.

Data: 06 de Janeiro de 2021
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Bombonera, em Buenos Aires-ARG

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)

Transmissão: FOX Sports

Escalações

BOCA JUNIORS:  Esteban Andrada; Leonardo Jara, Lisandro López, Carlos Izquierdoz, Frank Fabra; Eduardo Salvio, Capaldo, González, Sebastián Villa; Franco Soldano e Carlos Tevez. Técnico: Miguel Ángel Russo
Desfalques: Campuzano (lesão muscular)
Suspensos: –

SANTOS:  John, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Kaio Jorge e Lucas Braga. Técnico: Cuca

Desfalques: Raniel e Carlos Sánchez  (lesionados).
Suspensos

Resultado

Boca Juniors e Santos ficaram no 0 a 0 na noite desta quarta-feira, na Bombonera, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores. Um duelo que poderia ter resultado ainda melhor ao Peixe se o árbitro chileno Roberto Tobar tivesse marcado pênalti de Izquierdoz em Marinho, no segundo tempo, num lance checado pelo VAR mas que não chegou a ser observado por Tobar no vídeo à beira do gramado. Lance polêmico à parte, foi um duelo brigado no meio de campo, com algumas chances claras dos dois lados – chute na trave de Villa e finalização “furada” de Marinho, por exemplo. A decisão da vaga na final, porém, fica para a Vila Belmiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *