PSG x Bayern de Munique: onde assistir

PSG x Bayern de Munique: onde assistir e todas noticias do jogo

PSG recebe o Bayern de Munique nesta terça-feira (13), às 16h (de Brasília), no Parque dos Príncipes, pelo jogo de volta das quartas de final da Champions League, com a vantagem do empate para avançar, após ter vencido o primeiro jogo por 3 a 2

O jogo de ida foi recheado de emoções: o PSG abriu 2 a 0 com gols de Marquinhos e Mbappé, mas viu o Bayern empatar com Chuopo-Moting e Thomas Muller. Pouco depois, Mbappé marcou mais um e deixou a equipe francesa com a vantagem para o jogo de volta.

Qualquer vitória faz o time de Neymar se classificar, assim como a igualdade no placar. Para os alemães a missão é mais difícil. Mesmo que vençam por 1 a 0 ou 2 a 1 a a vaga fica com o Paris Saint-Germain. Uma vitória por 3 a 2 leva o jogo para os pênaltis. Um 4 a 3 ou qualquer vitória por dois gols de diferença classifica os bávaros.

Quem avançar no confronto que acontece em Paris enfrenta Manchester City ou Borussia Dortmund, times que se enfrentam na quarta (14), No jogo de ida melhor para os Cityzens, que venceram por 2 a 1.

Tivemos várias oportunidades de gol na ida, mas não tivemos a mesma eficácia. Temos de fazer melhor. Sabemos que não será uma tarefa fácil, mas vamos jogar tudo para dentro. Sabemos que temos que marcar pelo menos dois gols. Será uma tarefa difícil, mas se joga futebol em jogos como este. Queremos criar uma pequena surpresa em Paris amanhã. Claro que ficaríamos felizes se pudermos.

Mauricio Pochettino, comandante do Paris Saint-Germain, também falou antes da bola rolar.

O Bayern é uma equipe que joga e não creio que vá mudar o seu jogo. Também vamos jogar com as nossas ideias. O futebol é um jogo e veremos quem vai impor as suas. O Bayern é a melhor equipe da Europa e temos respeito por eles. Temos muita confiança, mas temos que pensar em vencer esta partida para nos qualificarmos. Desejamos vencer. Para o clube, estar nas semifinais seria importante.

Escalações

PSG: Navas; Dagba, Pereira, Kimpembe, Diallo; Gueye, Paredes; Di Maria, Neymar, Draxler; Mbappé.

Bayern de Munique: Neuer; Pavard, Boateng, Alaba, Davies; Kimmich, Martinez; Sane, Muller, Coman; Choupo-Moting.

Assistir: Facebook da TNT Sports e Estádio TNT Sports.

Ver: TNT Sports Facebook y TNT Sports Stadium.

Resultado

Resumão

Foi com derrota e sofrimento até o fim, mas o importante para o Paris Saint-Germain era a vaga na semifinal da Liga dos Campeões. Era eliminar quem lhe tirou o gostinho da taça na última temporada e se colocava como um dos grandes favoritos ao bicampeonato. E aconteceu, mesmo com a vitória do Bayern por 1 a 0 no Parque dos Príncipes, nesta terça-feira, gol de Choupo-Moting aos 40 minutos do primeiro tempo. O PSG não fez o seu por acaso, mas se segurou diante dos desfalques e deu mais um passo importante para se consolidar como um dos gigantes europeus graças ao critério do gol fora de casa (3 a 3 no agregado).

QUEM VEM PELA FRENTE

O PSG agora aguarda o classificado de Manchester City x Borussia Dortmund para conhecer o seu adversário nas semifinais que começam no fim do mês. Os ingleses venceram o jogo de ida por 2 a 1 em casa e podem empatar com os alemães que avançarão. A partida está marcada para esta quarta-feira, às 16h (de Brasília).

MELHOR EM CAMPO

“Azar da trave”, poderia dizer Neymar. O craque brasileiro recebeu o prêmio de melhor em campo da Uefa após a classificação do PSG e, de fato, foi quem criou mais oportunidades de perigo. Três delas foram na trave, todas no primeiro tempo. Aos 33, numa jogada individual em que pedalou e chutou de canhota; aos 36, em linda finalização colocada no travessão e, por último, aos 39, deu toque de biquinho no pé da trave esquerda de Neuer. Além disso, distribuiu ótimos passes e ganhou muitos duelos no mano a mano até cansar. Só faltou o gol.

HAJA CORAÇÃO

Desta vez não houve um massacre de oportunidades do Bayern. Ainda assim, o jogo foi se desenhando com contornos dramáticos até o fim. Os alemães rondaram a área de Navas com frequência na metade final do segundo tempo, mas faltou alguma inspiração ou força extra em virtude dos desfalques de Goretzka, Gnabry e, claro, Lewandowski. Foram 15 finalizações dos visitantes (5 no alvo), contra 10 do PSG (3 no alvo). Choupo-Moting voltou a fazer o seu, em rebote na pequena área, mas saiu no fim para a entrada do volante Javi Martínez, improvisado como centroavante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *